De Mário Magalhães, em seu blog:


ATENTADO NA FRANÇA ANUNCIA E FAVORECE OFENSIVA RACISTA NA EUROPA

Até as 14h45 (horário de Brasília) desta quarta-feira, ainda não havia informações oficiais sobre a autoria do atentado que provocou a morte de ao menos dez jornalistas do semanário “Charlie Hebdo” e de dois policiais no centro de Paris.

Na hipótese de _repito: na hipótese_ de se confirmarem indícios de que os assassinos sejam terroristas muçulmanos, estará aberta a maior ofensiva racista na Europa em muitas décadas.

O morticínio cruel e covarde ajudaria os que hoje, beneficiados pelo caldo de cultura da crise econômica, querem expulsar imigrantes da Europa.

Todo o movimento neonazista e ultradireitista a que se assistiu nos últimos anos em países como Alemanha, Ucrânia e França será fichinha perto do que vem aí.

Nos anos 1930, os bodes expiatórios foram os judeus.

Agora, chegou a vez da comunidade islâmica.

Que triste começo de 2015.

Anúncios